O nosso Button

Para fazeres parceria, basta mandares uma MP para Boss, com o button do teu fórum.


button
Parceiros
buttonNew Orleansbutton <buttonhttp://rpg-monsterhigh.forumeiros.com/button

Casa do Pai da Celine

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Casa do Pai da Celine

Mensagem por Boss em 03.08.14 15:02

avatar
Boss
Admin

Mensagens : 202
Data de inscrição : 16/07/2013

Ver perfil do usuário http://lagangsters.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa do Pai da Celine

Mensagem por Celine Ricci em 03.08.14 15:34

*Off*
Giulina não fizera muitas perguntas. Allegra tinha a certeza do que fazia. Prometera-lhe o casamento e tencionava cumpri-lo. Quanto a Celine, a velha italiana tomara providências para nunca mais incomodar. Tinha garantido que ela nunca mais apareceria na vida de Enzo. Este nunca poderia saber isso.
Allegra nunca gostara da morena. Ela sabia que havia algo familiar no seu olhar. E quando descobriu foi só fazer um telefonema e passar um pano por cima.

*On*
Acordei num quarto enorme, luxuoso e bem estruturado. Tinha algumas semelhanças com a arquitectura da Roma antiga. Uma empregada estava a limpar algumas coisas. Apressou-se a deixar-me sozinha, quando me viu acordada. Duvidava que soubesse um pouco de inglês que fosse.
Em cima de um cadeirão, estava um vestido branco e um bilhete com o meu nome. Não percebia nada. Talvez fosse de Enzo? Vesti-o e segui pelos corredores daquela enorme mansão. Entrei naquilo que parecia um escritório e lá dentro vislumbrei uma figura masculina. - Enzo? - murmurei.
Quando o homem se virou, pude vislumbrar um senhor de certa idade. Não o conhecia. Dei um passo atrás.
- O Enzo não está aqui. - a sua voz era grave, fria. - O meu nome é Anthony, Anthony Ricci. E sou o teu pai Celine. - arregalei imenso os olhos. O quê?!

--------------------------------- † ---------------------------------

avatar
Celine Ricci
Braço Direito
Braço Direito

Mensagens : 3273
Data de inscrição : 16/07/2013

Ver perfil do usuário http://newperspectives.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa do Pai da Celine

Mensagem por Celine Ricci em 03.08.14 15:53

Fui praticamente obrigada a ficar naquele escritório com a presença daquele homem. Então ele era o meu pai? Engoli em seco. - Lamento imenso.. - ele começou. - Podes pensar que nunca quis saber de ti, mas não é verdade.. Sei que o que fiz à tua mãe foi algo horrível. Quero que saibas que estou arrependido e que se pudesse, voltava atrás. - lembrar-me da minha progenitora era uma ferida ainda aberta. Ela morrera no dia em que eu nascera. Uma complicação no parto. Nunca tivera oportunidade de a conhecer. - Eu conheci o teu pai adoptivo. Ele quis ficar contigo, por promessa à tua mãe e .. e porque mexi os dedos para que isso acontecesse. - tudo o que ele contava parecia irreal. Se ele estivera de olho em mim, como dizia, porque é que não entrara em contacto comigo? Parecia que ele tinha adivinhado o que eu pensava. - Tive uma mulher, muito depois de conhecer a tua mãe. Eu era um jovem irresponsável, só quando casei é que assentei. - suspirou. - Ela queria ter os seus próprios filhos, não admitia uma bastarda. E depois com o golpe, tudo se agravou..
- Que golpe? - interrompi.
Naquela meia hora à conversa, o meu pai contara-me coisas horríveis sobre Enzo. Eu no fundo tentava não acreditar naquilo. Não podia.. Enzo não era aquela pessoa que o meu pai descrevia. Ele não faria mal a tanta gente, ou faria?! Eu conhecera um lado cruel dele, mas não podia ser tão enorme assim.

--------------------------------- † ---------------------------------

avatar
Celine Ricci
Braço Direito
Braço Direito

Mensagens : 3273
Data de inscrição : 16/07/2013

Ver perfil do usuário http://newperspectives.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa do Pai da Celine

Mensagem por Celine Ricci em 03.08.14 16:03

Nada daquilo fazia sentido. Assim do nada a minha vida dera uma volta de 360º. O meu pai estava à minha frente e Enzo tornara-se o mau da fita. Todas as provas que o Anthony mostrava deixavam-me de rastos. No entanto, custava acreditar em tudo. Eu envolvera-me com um monstro e consequentemente, tivera filhos com ele. Pior, tudo aquilo me levava a crer, que a desgraça que a minha família enfrentara em tempos, era por culpa de Enzo. Não.. não.. nada disso entrava na minha cabeça. Eu queria ir embora dali.
Já no quarto que me foi destinado, peguei no telefone e tentei ligar para Enzo. Estava assustada e confusa. Mas não havia sinal, nem ali, nem por toda a casa. Era como se eu fosse refém. Não havia maneira de conseguir comunicar. Merda.. olhei pela grande janela e vislumbrei seguranças espalhados pelo terreno. Não tinha forma de sair dali.
E os dias foram passando..


Última edição por Celine Connor em 03.08.14 18:02, editado 1 vez(es)

--------------------------------- † ---------------------------------

avatar
Celine Ricci
Braço Direito
Braço Direito

Mensagens : 3273
Data de inscrição : 16/07/2013

Ver perfil do usuário http://newperspectives.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa do Pai da Celine

Mensagem por Celine Ricci em 03.08.14 16:16

Tinham-se passado quase dois meses. Começava a sufocar. Não havia um único dia que não sentia saudades dos gémeos. Precisava dos meus filhos comigo. E o meu pai prometera que os teria, mais cedo ou mais tarde. Ele conseguira envenenar-me contra Enzo, com uma rapidez incrível. No meu interior havia um ódio crescente por aquele italiano.
Durante o passar do tempo, tinha aprendido todo o tipo de etiqueta. Vestia-me melhor e sabia cuidar de mim, como uma verdadeira lady. Anthony fizera questão disso. Mas também me tornara fria e cruel. Fechava-me a sete chaves.
Conhecera os meus três irmãos. Nenhum era parecido comigo, tinham todos puxado a mãe falecida. Eram autoritários e parecia que tinham o rei na barriga. Não havia comunicação entre nós, muito pelo contrário. Desprezo. Eles não me aceitavam e eu não fazia nada para isso acontecer. Eu era a menina do papá, o orgulho e ele dizia-o com todas as letras. Estava completamente enfeitiçada.

--------------------------------- † ---------------------------------

avatar
Celine Ricci
Braço Direito
Braço Direito

Mensagens : 3273
Data de inscrição : 16/07/2013

Ver perfil do usuário http://newperspectives.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa do Pai da Celine

Mensagem por Celine Ricci em 03.08.14 16:28

Dentro de muito pouco tempo, estaria pronta para a minha primeira aparição. Finalmente ia poder respirar puro e estar longe daquela casa. Eu continuava uma espécie de prisioneira. Todas as noites chorava com saudades do meus filhos.
Iria ser uma festa, de alta sociedade, onde quase todos os Ricci's ali estariam. Eu esperava encontrar Enzo. Queria atirá-lo contra a parede e vingar-me de todo o sofrimento que cometera com a minha família.
Tinha mudado um pouco o meu cabelo. Ele estava ligeiramente maior e num tom castanho claro. Abri o meu guarda-roupas e tentei escolher o meu melhor vestido.

--------------------------------- † ---------------------------------

avatar
Celine Ricci
Braço Direito
Braço Direito

Mensagens : 3273
Data de inscrição : 16/07/2013

Ver perfil do usuário http://newperspectives.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa do Pai da Celine

Mensagem por Celine Ricci em 05.08.14 20:59

Quando cheguei a casa, tranquei-me no quarto. Tinha sido um péssimo retorno. Preferia ter continuado ali presa, no meio de todas aquelas coisas todas.
No dia a seguir, mandei um advogado entrar em contacto com Enzo. Eu queria tanto ver os meus filhos. Precisava deles e não pedia mais do que uma guarda partilhada.

--------------------------------- † ---------------------------------

avatar
Celine Ricci
Braço Direito
Braço Direito

Mensagens : 3273
Data de inscrição : 16/07/2013

Ver perfil do usuário http://newperspectives.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa do Pai da Celine

Mensagem por Celine Ricci em 05.08.14 21:13

A atitude de Enzo era do mais irritante possível. Eu iria ter os meus filhos comigo. Era um direito meu. Vesti-me e segui até à mansão de Enzo. Tinha que ser eu a tratar do assunto. O meu pai tinha exigido seguranças ao meu redor. Era uma forma de me controlar.

--------------------------------- † ---------------------------------

avatar
Celine Ricci
Braço Direito
Braço Direito

Mensagens : 3273
Data de inscrição : 16/07/2013

Ver perfil do usuário http://newperspectives.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa do Pai da Celine

Mensagem por Celine Ricci em 06.08.14 13:23

Depois daquele momento com Enzo fui tratar de negócios. Eu tinha a minha cabeça em água. As suas palavras não paravam de ecoar. Os gémeos tinham passado por tantas dificuldades e eu sem poder fazer nada.

--------------------------------- † ---------------------------------

avatar
Celine Ricci
Braço Direito
Braço Direito

Mensagens : 3273
Data de inscrição : 16/07/2013

Ver perfil do usuário http://newperspectives.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa do Pai da Celine

Mensagem por Celine Ricci em 06.08.14 13:41

A notícia tinha-me chegado aos ouvidos, pelo meu pai. Não sabia como ele a tinha conseguido, mas era certo que não ia deixar Enzo levar os meus filhos para Florença.

--------------------------------- † ---------------------------------

avatar
Celine Ricci
Braço Direito
Braço Direito

Mensagens : 3273
Data de inscrição : 16/07/2013

Ver perfil do usuário http://newperspectives.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa do Pai da Celine

Mensagem por Celine Ricci em 04.09.14 14:12

A viagem até à mansão foi a pior que alguma vez fizera. Estava tensa, o meu coração batia fortemente e no fundo sentia um certo medo. Não havia sinal de ninguém no andar de baixo, no entanto, eu sabia que o meu pai estava em casa. Pus o meu ar mais relaxado, um pequeno sorriso nos lábios e segui até ao seu escritório. E lá estava ele, de telefone e charuto na mão. Fez-me sinal para entrar e logo depois desligou a chamada. Tivemos uma pequena conversa. Dera-lhe a entender que Enzo e os gémeos tinham ficado em Roma e que o plano de o meter na miséria, sem nada, nem ninguém, estava a dar certo.
Depois de algum tempo, mostrei-lhe a lingerie que tinha comprado, já vinha vestida com ela. Seduzi-o da maneira que mais queria, nunca o deixei me tocar. Saber que os próximos minutos seriam apenas de dor e tortura para ele, alegrava-me o dia.

--------------------------------- † ---------------------------------

avatar
Celine Ricci
Braço Direito
Braço Direito

Mensagens : 3273
Data de inscrição : 16/07/2013

Ver perfil do usuário http://newperspectives.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa do Pai da Celine

Mensagem por Celine Ricci em 04.09.14 14:44

Eu conseguira convencer Anthony a deixar-me amarra-lo. Até aí parecia uma brincadeira sexual e tudo levava a crer na sua cabeça demente que se ia divertir muito. Mas a verdade era, que eu é que ia me divertir. Durante aquelas horas não se ouviu mais nada que não os seus gritos. Eu tinha-o praticamente mutilado, despejado todo o meu sofrimento nele.. O seu rosto estava ensanguentado, haviam feridas abertas por todo o seu corpo e mesmo assim, ele ainda conseguia ter aquele sorriso nojento nos lábios. Aquilo deixava-me impotente.
- Tu és tão igual a mim, Celine. A mesma crueldade, a mesma frieza.. valeu tão a pena ter-te debaixo de mim. - ouviu-o gargalhar. O meu estômago revirou-se por momentos. Não ia deixar que ele me deitasse abaixo. Mantive a calma e olhei-o.
- A pen Anthony, onde está a pen.. - com alguma dificuldade, ele apontou para um cofre, atrás do quadro. Consegui obter a senha e tirar tudo o que precisava dele. Fiquem em choque por encontrar dossiers enormes com fotografias de outras raparigas. Eu não fora a única.. era horrível saber que era filha de um monstro como aquele.
- Gostas do que vês, é? - provocou. Guardei todas aquelas coisas da minha mala e tirei de lá a arma que Enzo me tinha dado. Depois de ver aquilo tudo, não podia deixar que ele voltasse a meter as mãos em outras raparigas.
- Eu não sou igual a ti querido pai, eu sou bem pior que tu.. - aquilo fora algo sarcástico que atirara à última da hora, mas no momento em que disparei dois tiros certeiros, senti-me exactamente igual a ele, um monstro. Um na cabeça e outro no coração a marca que o manteria morto para sempre. Ao fim de algum tempo, o mau estar e a má disposição tinham tomado conta de mim.

--------------------------------- † ---------------------------------

avatar
Celine Ricci
Braço Direito
Braço Direito

Mensagens : 3273
Data de inscrição : 16/07/2013

Ver perfil do usuário http://newperspectives.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa do Pai da Celine

Mensagem por Celine Ricci em 05.09.14 15:35

Arrumei as minhas coisas e tomei um banho. Precisava de tirar todo aquele sangue do meu corpo. Depois vesti um vestido qualquer e fui arrumar a minha mala. A partir dali eu trataria de qualquer negócio daquela família e que se lixassem os meus irmãos.

--------------------------------- † ---------------------------------

avatar
Celine Ricci
Braço Direito
Braço Direito

Mensagens : 3273
Data de inscrição : 16/07/2013

Ver perfil do usuário http://newperspectives.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa do Pai da Celine

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum