O nosso Button

Para fazeres parceria, basta mandares uma MP para Boss, com o button do teu fórum.


button
Parceiros
buttonNew Orleansbutton <buttonhttp://rpg-monsterhigh.forumeiros.com/button

Quarto da Zoey

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quarto da Zoey

Mensagem por Zoey Lawrence em 27.07.13 0:23



Última edição por Zoey Lawrence em 30.07.13 16:07, editado 1 vez(es)
avatar
Zoey Lawrence
Traficante
Traficante

Mensagens : 209
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Zoey Lawrence em 27.07.13 0:26

Finalmente tinha conseguido chegar a casa. Era sempre uma complicação, as ruas eram escuras e apesar de já estar habituada, havia dias em que quase me perdia. Fechei a porta atrás de mim com um suspiro cansado e nem pensei duas vezes em dirigir-me para o meu quarto. Estava a precisar de uma boa noite de sono. Aproveitei que o meu vestido já estava praticamente fora do meu corpo para me limitar a puxá-lo para baixo, descalçando-me e depois atirei-me para cima da cama, demorando pouco tempo a adormecer.
avatar
Zoey Lawrence
Traficante
Traficante

Mensagens : 209
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Zoey Lawrence em 27.07.13 16:19

Tinha dormido até tarde, a noite de ontem tinha-me deixado mais cansada do que o que seria de esperar. Mas era normal, pelo menos depois do que o que eu tinha bebido. Abri os olhos mal senti o sol iluminar todo o meu quarto e resmunguei baixo, tapando a cara com a almofada.
- Merda.- resmunguei mal senti a minha cabeça começar a doer e como se não bastasse, o meu telemóvel começou a tocar. Revirei os olhos, esticando apenas uma mão para ela e por sorte, carreguei no verde.- o que é que foi? - murmurei, mesmo sem saber quem era.
- Ui que vozinha.- era Mark. Abri a boca para o mandar a um sítio quando ele continuou.- estás com disposição para um café? - ele perguntou, fazendo-me cerrar o maxilar. A sério que ele me tinha acordado para aquilo?
- Estou com disposição para te mandar foder.
avatar
Zoey Lawrence
Traficante
Traficante

Mensagens : 209
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Zoey Lawrence em 27.09.13 16:31

Já tinha passado um mês desde que aquele anormal me tinha fechado naquela casa de jardim. A recuperação não tinha sido fácil, mesmo nada fácil, mas o que era certo era que ele nunca mais me ia tocar com um dedo que fosse porque tudo o que restava dele, estava bem morto e enterrado, eu própria o tinha morto, eu própria o tinha visto morrer, não restavam dúvidas. O Boss tinha-me obrigado a ir ao hospital mal viu o estado em que eu me encontrava, e apesar de todas as minhas tentativas, falhadas, de lhe dizer que me podia curar em casa, não consegui demovê-lo. Durante todo este tempo que passara não pude por um pé que fosse no chão, se bem que mesmo que tentasse nunca ia conseguir, nunca antes tinha sentido dores tão fortes como aquelas, mas se havia uma coisa que me fazia suportar cada dia era saber que não existia dor pior do que a de já não existir, só de pensar que nunca mais o ia ver em toda a minha vida, aquela recuperação demorada valia todo o esforço. Ainda não estava cem por cento recuperada, mas pelo menos, já conseguia andar sem precisar da ajuda de ninguém. Abri os olhos, depois de já ter sido acordada há muito pelos meus pensamentos e espreguicei-me, começando a levantar-me devagarinho. Hoje ia voltar ao trabalho, já me sentia pronta para isso e sinceramente, era mais do que óbvio que eles precisavam de mim. E agora que eu estava a ficar de novo como antes, não havia nada que me pudesse deter.
avatar
Zoey Lawrence
Traficante
Traficante

Mensagens : 209
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Zoey Lawrence em 10.10.13 21:43

Subi as escadas do prédio meio aos trambolhões e assim que consegui finalmente abrir a porta de casa, fui da mesma forma até ao meu quarto. Não conseguia tirar o som dos tiros da minha cabeça, não conseguia tirar da cabeça a imagem daqueles corpos a desfalecerem nas suas cadeiras, corpos de pessoas que eu conhecia e que era suposto proteger. Deixei escapar um soluço, ao passar as mãos pelas manchas de sangue que estavam na minha camisola e deixei-me cair na cama, sentindo depois Bullet saltar para cima da cama e vir ter comigo, lambendo-me a cara. Depois de hoje, ele era tudo o que me restava. Ele e a sede de vingança que crescia dentro de mim.
avatar
Zoey Lawrence
Traficante
Traficante

Mensagens : 209
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Zoey Lawrence em 30.10.13 16:27

Continuava sem conseguir dormir, eram muitas coisas na minha cabeça e muitas coisas em que pensar. Soltei um suspiro frustrado, acabando mesmo por me levantar, mas tive cuidado com Bullet, que dormia sobre as minhas mantas. Tapei-o, dando-lhe um beijinho na cabeça e deixei escapar um suspiro ao ver a sua para ferida. Eu tinha a certeza de que quem tinha morto Boss e todos os outros era o mesmo que tinha feito isto a Bullet, o que restava saber agora era se eu era o único membro dos Blood que estava a ser afectado e se caso isso fosse verdade, precisava de descobrir o que é que esta pessoa tinha contra mim. Abanei a cabeça, saindo do quarto e fui até à casa de banho, tomando um duche quente para depois começar a trabalhar na minha investigação, cada minuto perdido era valioso.
avatar
Zoey Lawrence
Traficante
Traficante

Mensagens : 209
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Tyler Lucania em 30.10.13 22:15

Enquanto tentava descansar mandei um dos meus seguranças mais bem qualificados irem vigiar o que Zoey andava a fazer, e mandei o mais desastrado invadir a casa dela enquanto ela estava no banho, destruir-lhe o que quer que fosse, nem que fosse apenas parti-lhe um prato. Para ela, eu estava morto, então agora ia assombra-la.
avatar
Tyler Lucania
Traficante
Traficante

Mensagens : 350
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Zoey Lawrence em 09.11.13 0:44

O banho tinha-me ajudado realmente a descontrair, que era o que eu mais precisava. Enrolei o meu corpo numa toalha, enrolando também o meu cabelo numa mais pequena e foi quando estava a secar o corpo que ouvi os latidos aflitos de Bullet. Arregalei os olhos, sentindo logo o meu coração disparar e saí da casa de banho, vendo-o tentar levantar-se da cama.
- Não.- aproximei-me.- Bullet, está quieto, o que é que se passa? - perguntei, olhando para a sua ferida e como esta me parecia intacta, percebi que era outra coisa. Juntei as sobrancelhas e sem esperar mais, fui pegar na minha arma, que estava escondida na mesinha de cabeceira e saí do quarto, pé ante pé, estacando no corredor, ao ver uma jarra completamente feita em pedaços no meio do chão. Cerrei o maxilar, sentindo logo o meu corpo enrijecer e percorrei o resto da casa, encontrando também um prato partido no chão da minha cozinha.
- Mas o que é isto? - perguntei baixinho, sentindo o meu coração martelar-me o peito e quando me virei, vi a porta de minha casa entreaberta. Agora, já nem na minha própria casa estava segura.
avatar
Zoey Lawrence
Traficante
Traficante

Mensagens : 209
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Tyler Lucania em 09.11.13 13:19

Sorri quando ele voltou e disse que estava tudo ok e voltei a deitar-me descansando até ao dia seguinte. Quando acordei, levantei-me levando o adesivo ao meu pescoço para que a dor fosse mais rápido embora e fui a cambalear até à cozinha comendo uma fruta. Agarrei na minha arma e enfiei-a nas minhas calças, juntamente com umas facas que coloquei no tornozelo. Fui até às traseira de minha casa e enfiei-me no carro sentindo já a dor voltar. Suspirei encostando a cabeça ao volante e coloquei outro adesivo, podia ser que assim ficasse melhor. Tinha que estar bom, hoje era o dia em que me ia revelar, não podia ficar morto por muito mais tempo.
avatar
Tyler Lucania
Traficante
Traficante

Mensagens : 350
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Zoey Lawrence em 11.11.13 22:16

Tinha passado apenas um dia desde que me tinham entrado em casa e me tinham partido algumas coisas, para me assustar claro, e a verdade era que até tinham conseguido. Porém, eu não ia deixar que isso me detivesse de fazer o que queria. Eu precisava urgentemente de conseguir algum aliado para conseguir descobrir quem tinha sido que tinha morto todos os outros e já agora, precisava de descobrir quem é que me andava a querer assustar, caso não fossem a mesma pessoa. Abri os olhos, olhando para o tecto em cima de mim e tive de me levantar, apesar de a vontade não ser nenhuma, não havia tempo a perder.
avatar
Zoey Lawrence
Traficante
Traficante

Mensagens : 209
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Tyler Lucania em 11.11.13 22:48

Quando cheguei a casa dela, entrei mesmo pela porta da frente, tinha vindo cedo para ter certezas de que ela estava a dormir. Fechei a porta da mesma maneira que entrei, com uma chave, (claro que a pessoa a quem eu tinha mandando entrar em casa dela enquanto ela estava a tomar banho, não ia só lá partir um prato). Fui espreitar o seu quarto, vendo que ainda dormia mais o cão e sorri afastando-me devagar e sem fazer barulho até me sentar na sala, com as luzes todas apagadas.
avatar
Tyler Lucania
Traficante
Traficante

Mensagens : 350
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Zoey Lawrence em 16.11.13 13:40

Levantei-me quando finalmente ganhei coragem para isso e espreguicei-me, olhando para Bullet que ainda dormia. Eu só esperava que ele ficasse bom rápido, não aguentava vê-lo tão em baixo. Abanei a cabeça com um suspiro, passando as mãos pela cara e decidi que estava na hora de começar a tratar das coisas, não podia deixar que a minha vida parasse só porque tinha alguém atrás de mim. Eu ia descobrir quem era e depois, ia poder finalmente vingar-me. Abri as persianas, para que o sol pudesse começar a aquecer o quarto e depois fui até à sala para poder fazer o mesmo. Tacteei as paredes, para não ir contra nada, visto que não conseguia ver nada por estar tão escuro, e quando consegui, comecei a subir a persiana. Voltei a espreguiçar-me, soltando um bocejo baixo, e quando me virei para ir até à cozinha, não consegui calar um grito perante o que estava a ver.
- O que é que estás aqui a fazer? - gritei, apontando um dedo na sua direcção.- como é que é possível? - estava a tremer por todos os lados.- tu morreste, eu vi!
avatar
Zoey Lawrence
Traficante
Traficante

Mensagens : 209
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Tyler Lucania em 16.11.13 16:06

Sorri quando ouvi o seu grito e levantei-me cerrando o maxilar para não mostrar qualquer tipo de dor. Só tinha passado um mês, não estava nem de perto totalmente curado, principalmente os meus pés, essa era a pior coisa e temia que nunca voltassem a ser os mesmos - Se calhar sou só uma alucinação do teu subconsciente. Afinal é impossível eu estar vivo, não é? - perguntei furioso. -Deves estar com a consciência pesada por me teres deixado no chão a morrer e por a seguir ter morto a minha mãe.
avatar
Tyler Lucania
Traficante
Traficante

Mensagens : 350
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Zoey Lawrence em 16.11.13 17:01

Eu estava completamente em choque, como é que era possível ele estar ali? Eu tinha visto, eu própria o tinha alvejado.
- Não.- murmurei assim que ele disse que devia ser uma alucinação e abanei a cabeça.- eu não estou maluca.- cerrei também o maxilar e dei um passo atrás quando se levantou.- eu matei-te, eu vi-te morrer.- repeti, sentindo o meu coração bombardear-me o peito.- e eu não sinto remorsos, tu ias matando-me! - gritei-lhe.- a única pessoa que não devia ter morrido era a tua mãe, e não fui eu que a matei.
avatar
Zoey Lawrence
Traficante
Traficante

Mensagens : 209
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Tyler Lucania em 16.11.13 17:14

Soltei uma gargalhada bem alta quando a ouvi dizer que eu a ia matando.
-Só podes estar a gozar comigo Zoey, eu não te ia matar, não ias morrer com umas palmas dos pés chamuscadas - revirei os olhos e assim que ela falou na minha mãe andei na sua direcção até lhe agarrar no maxilar e a encostar à parede- não fales da minha mãe - disse entre-dentes - ela era inocente, nunca teve nada à ver com isto. Vocês não tinham o direito. - cerrei o maxilar.
avatar
Tyler Lucania
Traficante
Traficante

Mensagens : 350
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Zoey Lawrence em 16.11.13 17:20

Cerrei o maxilar ao sentir a sua gargalhada ecoar pelos meus ouvidos e voltei a relembrar-me do quanto o odiava. Sim, eu odiava-o, com tudo o que tinha. - E achas que eu ia adivinhar que não me ias matar? - olhei-o.- tudo o que me estavas a fazer indicava o contrário! - gritei-lhe e tive de abafar um outro grito quando de repente ele me agarrou no maxilar e eu senti as minhas costas embaterem na parede.- eu nunca lhe quis fazer mal.- disse, fechando as mãos em punho.- eu tentei impedi-los, eu não tive culpa.- olhei os seus olhos.- agora larga-me! - pousei as minhas mãos no seu peito, empurrando-o.- a culpa é tua, se não me tivesses raptado, nada disto tinha acontecido.- atirei.
avatar
Zoey Lawrence
Traficante
Traficante

Mensagens : 209
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Tyler Lucania em 17.11.13 2:41

-Eu estava a torturar-te - encostei-a mais à parede - porque eu não queria matar-te, eu queria que saísses dos bloods porque pensava que não eras igual a eles, mas afinal enganei-me. - se soubesse que isto tudo ia acontecer tinha espetado o ferro no coração dela em vez de lhe queimar os pés. - Deves ter tentando - fiz uma careta quando ela me empurrou e passei a mão pelo peito num gesto queixoso, mas logo voltei ao normal. - Sim, boa! Põe as culpas para mim, eu é que fiz com que os teus homens levassem a minha mãe, quando eu supostamente já estava morto - ri-me apesar de só me apetecer fazer o contrário. Fechei as mãos em punhos e dei um pontapé à mesa de centro. - Eu estava morto, porque é que a tinham de levar? - perguntei aos gritos. Se calhar não tinha sido muito boa ideia ter colado dois adesivos ao meu corpo, estava a começar a exceder-me.
avatar
Tyler Lucania
Traficante
Traficante

Mensagens : 350
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Zoey Lawrence em 18.11.13 21:57

Cerrei o maxilar enquanto o ouvia falar e na parte em que ele disse que pensava que eu era diferente, não consegui evitar morder a parte de dentro da minha bochecha.
- Não podes dizer que sou igual a eles se nem me conheces.- murmurei, num tom mais agressivo.- mas mesmo assim, estavas à espera que eu saísse dos Blods depois de me torturares? - controlei-me para não gritar de novo.- pensei que eras mais esperto do que isso.- revirei os olhos, mas assim que ele começou aos berros de novo, acabei mesmo por me encostar de novo à parede, mas desta vez por me ter encolhido. Fechei os olhos, respirando fundo, e também eu apertei as minhas mãos em punho.- eu tentei impedi-los, está bem? - gritei por cima deles.- eu pedi-lhes que não misturassem as coisas, eu disse-lhes que a tua mãe não tinha de pagar pelas tuas coisas, que ela não tinha culpa.- suspirei.- mas tu achas que eles me deram ouvidos? - gritei, mesmo depois de ver a minha mesa cair no chão.- eles não ouvem ninguém Tyler, eles agem por instinto, eles só queriam fazer-te sofrer, a ti e aos teus, mesmo que eles não tivessem culpa das coisas que fizeste.- acabei por baixar o tom de voz de forma gradual, até ficar a falar num tom mais ao menos normal.- eu tentei.- olhei-o, apesar de ser a última coisa que queria.- podes não acreditar, mas eu tentei.
avatar
Zoey Lawrence
Traficante
Traficante

Mensagens : 209
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Tyler Lucania em 18.11.13 22:17

Abafei uma gargalhada e abanei a cabeça - vais dizer que não és? Mataste-me e... - nem lhe ia falar sobre o pior. Cerrei o maxilar e abanei a cabeça enquanto ela falava, andando de um lado para o outro com os olhos a ficarem humedecidos, mas não deixei que nenhuma lágrima caísse, não ia deixar mesmo.  - Eu estava à espera que saísses depois de eu te contar o que é que os Bloods faziam, eles não têm escrúpulos. São apenas uns rebeldes a tentar imitar-nos - cerrei o maxilar e voltei a aproximar-me dela - e nem preciso de dizer mais nada porque disseste agora tudo.  -ela tinha acabado de os definir e mesmo assim continuava lá, parecia mesmo que era um burro por ter acredito que conseguia afasta-la de lá. - Eles queriam magoar a minha família quando ela já estava morta, quando eu já estava morto e quando o meu pai não se interessava nem um bocadinho por ela? - perguntei-lhe. - Ela estava sozinha.
avatar
Tyler Lucania
Traficante
Traficante

Mensagens : 350
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Zoey Lawrence em 18.11.13 22:53

- Eu só te matei porque tu me torturaste! - gritei, soltando um suspiro exasperado. Será que ele não percebia onde é que eu queria chegar? Encostei a cabeça à parede, fechando os olhos durante uns breves segundos e inspirei bruscamente, voltando depois a abrir os olhos para o olhar.- eles podem ser tudo o que disseste, mas foram os únicos que me acolheram quando eu fiquei sem ninguém.- cerrei o maxilar, sentindo as minhas defesas baixarem mal me lembrei dos meus pais.- por muito que eu não gostasse das coisas que eles faziam ou fazem, não posso simplesmente sair de um dia para o outro, acho que sabes muito bem disso.- ele também fazia parte de um gangue, as coisas não deviam ser assim tão diferentes. Mordi a parte de dentro da minha bochecha com muita força quando ele continuou a falar da sua mãe e eu voltei a lembrar-ma da minha, o que fez com que os meus olhos se enchessem de água.- eu não lhe queria fazer mal! - repeti, deixando escapar um pequeno soluço e acabei mesmo por o voltar a empurrar, mas desta vez sem forma suficiente para o mover.- eu pedi-lhes.- voltei a dizer.- eu tentei que eles me dessem ouvidos, porque eu não a odiava a ela.- abanei a cabeça, passando as costas da mão de forma brusca pela bochecha.- eu só te odiava a ti.
avatar
Zoey Lawrence
Traficante
Traficante

Mensagens : 209
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Tyler Lucania em 18.11.13 23:02

-A minha mãe sempre me disse, mais vale sozinho do que mal acompanhado - comentei e voltei a olha-la - não percebes pois não Zoey? Nós podíamos dar-te tudo assim que decidisses que o melhor lado era connosco. Nós damos protecção uns aos outros, sempre que existe uma chacina como aconteceu no vosso ponto de encontro, nós protege-mo-nos uns aos outros. - tinha que retirar o meu pai da lista, mas ele sempre tinha sido assim. - Se tu não gostas do que eles fazem, desvias ter-me ouvido mesmo quando os teus pés estavam a ser queimados - disse-lhe e voltei a afastar-me quando ela me empurrou ficando de costas, a olhar para um quadro e a tentar conter-me, mas já era tarde demais. - E o que é que eles fizeram? Mataram-na quando não havia ninguém para vingar - gritei-lhe virando-me para ela quando disse que só me odiava a mim - e eu estava morto. - olhei-a - não há nada para compreender. Eu vou matar o resto do teu gangue. Vou dar cabo dele. - olhei-a - Espero que te safes como o teu cão se safou, a única diferença é que ele estava no sítio errado à hora errada.
avatar
Tyler Lucania
Traficante
Traficante

Mensagens : 350
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Zoey Lawrence em 19.11.13 22:23

- Eu estava desorientada Tyler.- repeti, abanando a cabeça.- eu agarrei-me à primeira oportunidade que apareceu, eu juntei-me às primeiras pessoas que me acolheram, eu não pensei em nada, eu senti-a sozinha, sem ninguém, estavas à espera de que fizesse o quê? - voltei a passar uma mão pela bochecha quando uma lágrima escapou e virei a cara para o lado, fungando enquanto o ouvia falar. Eu não tinha feito nada, eu estava bem consciente de que tinha feito tudo o que podia para tentar impedi-los de matarem a sua mãe, ainda que os meus esforços não tivessem tido grande resultado.- talvez se tu me tivesses abordado de uma outra forma as coisas tivessem sido diferentes.- olhei-o, cerrando o maxilar quando voltou a dar a entender que a culpa continuava a ser minha.- qual foi a parte do: eu tentei tudo o que pude que não percebeste? Eu disse-lhes que a única pessoa que eu queria ver morta eras tu.- gritei.- eu tentei! - abanei a cabeça, desencostando-me da parede e senti o meu corpo gelar quando ele disse que ia matar tudo o que restava e que esperava que eu me safasse, tal como Bullet.- foste tu? - gritei-lhe, fechando as mãos em punho.- eu não acredito..ele não teve culpa de nada! - voltei a gritar, empurrando-o de novo.- tu sabes o medo que eu tive de ficar sem ele? - continuei aos gritos.- o meu cão é tudo o que me resta! - fui falando à medida que lhe dava murros com força, ou pelo menos eu bem que tentei, e acabei mesmo por me deixar chorar.- tu não podes matar-me por uma coisa que eu não fiz, eu não tive culpa.
avatar
Zoey Lawrence
Traficante
Traficante

Mensagens : 209
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Tyler Lucania em 19.11.13 22:40

-Eu não queria nada, só estou agora a fazer-te perceber que não fizeste a opção correta. Mais valia continuar sozinha. - encolhi os ombros com a minha humanidade totalmente desligada, o mais que conseguia pelo menos. - Como é que eu te abordaria? - perguntei - Zoey ponderarias sair do teu gangue? - abanei a cabeça. - Tu tentaste mas não te ouviram, porque não querem saber de ti - gritei-lhe tal como ela me fazia. Olhei para as suas mãos quando me perguntou se tinha sido eu e tentei para-la, porque eu ainda tinha uma ferida e o peito dorido por causa do ferimento da bala que tinha sido "curado" em casa e não num hospital. - Achas que se fosse de propósito eu só o tinha ferido? - perguntei-lhe agarrando-lhe nas mãos, com uma careta ao sentir o ardor, vendo-a ao mesmo tempo chorar - sabes porque é que eu queria que saísses dos Bloods? - perguntei-lhe retoricamente - porque és tão ingénua mesmo achando que não.
avatar
Tyler Lucania
Traficante
Traficante

Mensagens : 350
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Zoey Lawrence em 19.11.13 22:53

- Precisavas de me torturar para me fazeres perceber isso? - perguntei, fungando, e quando ele disse que eles não queriam saber de mim, eu abanei a cabeça.- eles ajudaram-me, podiam não ser as melhores pessoas, mas eles ajudaram-me.- murmurei e deixei que me agarrasse, visto que eu não tinha forças para mais. Mordi o meu lábio inferior com força, para parar de chorar à frente dele e acabei, ao fim de algum tempo, por me afastar dele, colocando uma mecha de cabelo atrás da orelha.- eu não sou ingénua.- falei entre dentes, subindo o olhar para ele.- depois de tudo o que eu passei, não me podes chamar de ingénua, eu sei muito bem no que me meti.- afirmei.- sei tão bem que quero sair de toda esta trapalhada já há muito tempo.- passei ambas as mãos pela cara, tendo a perfeita noção de que já estava toda borratada e quando o olhei com atenção, o meu olhar fixou-se no seu peito, que tinha uma enorme mancha vermelha na camisola.- estás a sangrar.- murmurei, dando um passo na sua direcção.- o que é que se passa?
avatar
Zoey Lawrence
Traficante
Traficante

Mensagens : 209
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Tyler Lucania em 19.11.13 22:59

-Ia resultar, se não me tentassem matar - disse-lhe com a maior das calmas. - Eles não queriam saber de ti - voltei a repetir - um gangue, é um grupo, pode ter pessoas muito más mas também sabe ouvir os aliados. É isso que os Bloods não percebem. - sorri calmamente quando a ouvi dizer que não era ingénua - tu és - disse. - E desperdiçaste uma boa oportunidade em te afastares de toda "a trapalhada" - fiz aspas com os dedos. Desviei o meu olhar do seu para o meu peito e revirei-lhe os olhos puxando a camisola para a afastar do meu peito - não ajas como se te importasses. - tinha que sair daqui antes que ela se aproveitasse e me tentasse matar outra vez.
avatar
Tyler Lucania
Traficante
Traficante

Mensagens : 350
Data de inscrição : 17/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto da Zoey

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum